quinta-feira, 10 de março de 2011

Selinho

Fiz esse selinho e ofereço com muito carinho para minhas seguidoras

Regrinhas

Responder o que vem à cabeça com as letras do seu nome.
Oferecer para quem quiser!!

Kelly

K - Kitchen - Cozinha, amo cozinhar
E - Esperança, perco muitas vezes, mas é preciso ter sempre
L - Liberdade
L - Lar
Y - You - Você!

Meu Herói - Festa linda para o seu Super Herói

Qual menino não gostaria de ter uma festa assim?

É bem simples!
Para ser super herói não é preciso ter super poderes, é preciso imaginação!
Pipoca colorida, balinhas coloridas, cupcakes e os poderes da super mamãe, faz a festa do super herói da casa perfeita.
O convite, como dizem, é a expectativa da festa.
Dá para fazer esses prédios. Lembra quando éramos crianças e fazíamos na escola prédios com caixas de remédios? É a mesma coisa, só que maior!
Biscoitos com a inicial do Super herói
Olha a carinha de alegria!!!
Amei esse poster, esse ficará guardando para a vida toda!
Gelatina! Hummmm
Pipoca colorida
É farra pessoal!
Amei essa festa, pois é vintage e marcante.

Quem fez - É só clicar para saber!
http://andersruff.blogspot.com/

Fornecedores
Bella Cupacake Couture
Kapers kid
Urban Harmonie Desing
Nashville Wraps
On line Labels
The Cupcake social
Oh Goodies Desing
Becca Bond photography

Dica da manhã - É preciso fazer bagunça!

Uma mãe organizava regularmente em casa "A noite dos porcos" com os filhos - um jantar sem talheres.
(Você deve estar pensando: - Nossa que porcalhona! - Eu também pensei, mas entendi a mensagem).

A ironia é surpreendente.
Quando permitimos que as crianças exagerem de vez em quando, não aprontam tanto quanto imaginamos.

Não precisa ser a noite dos porcos, você pode criar outras estratégias que levarão ao mesmo objetivo.

Do Livro - A encantadora de bebês de Tracy Hogg

Ser Pedagogo

Ser Pedagogo não é apenas ser Professora, Mestre, Tia, Coordenadora, Supervisora, Orientadora, Dona de escola.
É mais do que isso.
É ser Responsável.
Ser Pedagogo é ter coragem de enfrentar uma sociedade deturpada, equivocada sem valores morais nem princípios.
Ser Pedagogo é ser valente, pois sabemos das dificuldades que temos em nossa profissão em nosso dia a dia.
Ser Pedagogo é saber conhecer seu caminho, sua meta, e saber atingir seus objetivos.
Ser Pedagogo é saber lidar com o diferente, sem preconceitos, sem distinção de cor, raça, sexo ou religião.
Ser Pedagogo é ter uma responsabilidade muito grande
nas mãos.
Talvez até mesmo o futuro...
Nas mãos de um Pedagogo concentra- se o futuro de muitos médicos, dentistas, farmacêuticos, engenheiros, advogados, jornalistas, publicitários ou qualquer outra profissão...
Ser Pedagogo é ser responsável pela vida, pelo caminho de cada um destes profissionais que hoje na faculdade e na sociedade nem se quer lembram que um dia passaram pelas mãos de um Pedagogo.
Ser Pedagogo é ser mais que profissional, é ser alguém que acredita na sociedade, no mundo, na vida.
Ser Pedagogo não é fácil, requer dedicação, confiança e perseverança.
Hoje em dia ser Pedagogo em uma sociedade tão competitiva e consumista não torna-se uma profissão muito atraente, e realmente não é.
Pois os valores, as crenças, os princípios, os desejos estão aquém do intelecto humano.
Hoje a sociedade globalizada está muito voltada para a vida materialista.
As pessoas perderam- se no caminho da dignidade e optaram pelo atalho da competitividade, é triste pensar assim, muito triste pois este é o mundo dos nossos filhos, crianças que irão crescer e tornar- se adultos.
Adultos em um mundo muito poluído de idéias e sentimentos sem razão.
Adultos que não sabem o que realmente são.
Alienados, com interesses voltados apenas pelo Ter e não pelo Ser.

Ser Pedagogo é ter a missão de mudar não uma Educação retorcida, mas ser capaz de transformar a sociedade que ainda está por vir.
Pode ser ideologia pensar assim, mas como Pedagogos temos a capacidade de plantar hoje nesta sociedade tão carente de valores, sementes que um dia irão florescer.
E quem sabe essa mesma sociedade que hoje é tão infértil possa colher os frutos que só a Pedagogia pode dar.