segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Parenting Fail

Eu fiquei chocada!
Será que é apenas uma brincadeira para tirar fotos ou isso é real mesmo?

Encontrei essas fotos em alguns sites. Parecem fotos que recebemos por email para descontrair e dar risada, mas não são, se tratam de cenas do cotidiano de muitas famílias.

Para quem não tem consciência do que é ser Humano, poderiam ter apenas cachorros.
Não sentou no chão por que poderia sujar a calça? Então é melhor esmagar a filha e ter a calça limpa, afinal lavar roupa é chato demais, não?
Eu sou contra a qualquer tipo de tatuagem para crianças, mesmo aquelas que vêm no chiclete. Vocês conhecer algum ser humano que não tenha tatuagem?
Isso nem me espanta, as pessoas vivem para twittar.
Se não tem capacete, vai de saco plástico mesmo. Super igual os dois, não?
O que será que essa menininha aprende em casa? Como serão os seus pais?
Next Playmate - Coitada dessa menina se engordar ou quiser fazer algo normal como faculdade, ter um emprego.
Sabia que há diversas músicas para crianças? Definitivamente essa não é para crianças.
Essa cena não é estranha para muito de nós.
Ginastica com o bebê?
Aos 16 anos ele poderá fumar mais de um maço de cigarros por dia, ter sérias complicações de saúde e não dar a mínima se os pais falarem algo "para o seu bem".
As pessoas não sabem a diferença de seres humanos e animais?
Pelo menos feche a porta para fazer suas poses sexys
A ansiedade para "pegar" todas poderá trazer diversos problemas, um deles é a disfunção erétil
Ainda é um bebê de colo que não pode sair do carrinho
Como que o pai ou a mãe vê o seu filho em tal situação, em um local com diversos germes e bactérias e tiram foto?
Tem pessoas que não deveriam ter filhos!!!

Saiba Avaliar

O que é avaliar?

- Corrigir erros, verificar acertos e pronto?
Como você avalia seu filho no dia a dia?

Todos os dias, as crianças prendem algo diferente crescem, desenvolvem, etc. e todo aprendizado contém erros que devem ser avaliados. Mas como?
Quando o seu filho chega em casa falando um palavrão, o que você faz?
Toma uma atitude autoritária deixando - o de castigo para assim saber que não deve mais falar palavrões.
Não seria melhor perguntar a ele onde e de quem ouviu tal palavra?

Em casos de crianças menores de 07 anos, é preciso explicar que aquela palavra se trata de uma ofensa, é feio, rebaixa o ser humano.

Ex: - Onde você ouviu essa palavra?
Quem disse?
Isso é um palavrão, palavra que dizem coisas feias das pessoas, é um xingamento.
Você é uma criança educada e boa. Não repita essa palavra.

Para crianças maiores é interessante explicar o significado. Aqui no blog tem  mais informações em posts anteriores.

Vejo muitos pais brigando com os seus filhos quando derramam suco ou comida.
Mas, às vezes, acontece o mesmo com nós adultos.
Trata-se de um acidente, algo que acontece.
Muitas crianças ainda estão aprendendo a segurar, estão desenvolvendo a coordenação motora. Cabe aos pais ensinar a maneira correta, adequar à utensílios adequados para a idade de cada criança.

A Avaliação deve ser investigadora no sentido de favorecer e ampliar as possibilidades próprias da criança.
Os pais devem manter-se atentos e curiosos sobre as manifestações de seus filhos, desprendendo-se do julgamento e da comparação.

Ex: - Meu filho começou a agir assim por causa da companhia do coleguinha.

Será que foi isso mesmo?
Não poderia ser algo que está ocorrendo dentro de casa ou na escola?
São inúmeras questões a serem pensadas antes da conclusão final.

Avalie seu filho de maneira contínua - todos os dias, brincando, na escola, com os amigos, os parentes, irmãos, etc.

Respeite o seu nível de conhecimento e faixa etária - Não exija que uma criança de 03 anos se mantenha sentada à sala, conversando com a visita.

Busque correção do erro de forma construtiva, tenha olhar reflexivo - antes de qualquer julgamento ou represálias, converse com o seu filho e tente entender o que levou a agir de tal forma.

Avaliar a criança não é um julgamento de resultados.

- Hoje ele comeu tudo no jantar, então vai ganhar um pirulito.
Ou
- Hoje ele não quis comer no jantar, então não vai ganhar pirulito e vai ficar de castigo.

Porque a criança não comeu?
Pode ter comido bastante na hora do lanche.
Não gostou do tempero do cardápio do dia.
Está sem vontade de comer, o que é normal. Nós adultos também temos esses dias.

Existem diversas questões a serem analisadas antes da conclusão final.
Mas se for o caso de birra, deve ser analisado também e ter alguma punição.

A Avaliação é um processo de diálogo e cooperação.

Ser Pedagogo

Ser Pedagogo não é apenas ser Professora, Mestre, Tia, Coordenadora, Supervisora, Orientadora, Dona de escola.
É mais do que isso.
É ser Responsável.
Ser Pedagogo é ter coragem de enfrentar uma sociedade deturpada, equivocada sem valores morais nem princípios.
Ser Pedagogo é ser valente, pois sabemos das dificuldades que temos em nossa profissão em nosso dia a dia.
Ser Pedagogo é saber conhecer seu caminho, sua meta, e saber atingir seus objetivos.
Ser Pedagogo é saber lidar com o diferente, sem preconceitos, sem distinção de cor, raça, sexo ou religião.
Ser Pedagogo é ter uma responsabilidade muito grande
nas mãos.
Talvez até mesmo o futuro...
Nas mãos de um Pedagogo concentra- se o futuro de muitos médicos, dentistas, farmacêuticos, engenheiros, advogados, jornalistas, publicitários ou qualquer outra profissão...
Ser Pedagogo é ser responsável pela vida, pelo caminho de cada um destes profissionais que hoje na faculdade e na sociedade nem se quer lembram que um dia passaram pelas mãos de um Pedagogo.
Ser Pedagogo é ser mais que profissional, é ser alguém que acredita na sociedade, no mundo, na vida.
Ser Pedagogo não é fácil, requer dedicação, confiança e perseverança.
Hoje em dia ser Pedagogo em uma sociedade tão competitiva e consumista não torna-se uma profissão muito atraente, e realmente não é.
Pois os valores, as crenças, os princípios, os desejos estão aquém do intelecto humano.
Hoje a sociedade globalizada está muito voltada para a vida materialista.
As pessoas perderam- se no caminho da dignidade e optaram pelo atalho da competitividade, é triste pensar assim, muito triste pois este é o mundo dos nossos filhos, crianças que irão crescer e tornar- se adultos.
Adultos em um mundo muito poluído de idéias e sentimentos sem razão.
Adultos que não sabem o que realmente são.
Alienados, com interesses voltados apenas pelo Ter e não pelo Ser.

Ser Pedagogo é ter a missão de mudar não uma Educação retorcida, mas ser capaz de transformar a sociedade que ainda está por vir.
Pode ser ideologia pensar assim, mas como Pedagogos temos a capacidade de plantar hoje nesta sociedade tão carente de valores, sementes que um dia irão florescer.
E quem sabe essa mesma sociedade que hoje é tão infértil possa colher os frutos que só a Pedagogia pode dar.