quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Achados pelo mundo

Lancheiras lindas e personalizadas
Encontra aqui

Com um pouco de uma vibe retrô, são de construção leve e lata.
Funcional e elegante!!!

Cachecol diferente e alegre!!!
Encontra aqui
O que seria uma casa sem ser um fogão bom? Fogão clássico BRIO de madeira encoraja a criança a investigar e experimentar as alegrias de cozinhar, mas em condições seguras. É uma construção robusta tem uma porta de abertura, passando o controle do forno e quatro botões grandes para virar.
Encontra aqui

Ser criança é bom, ser criança faz bem...

É sempre questionar

Não é porque todos gostam que eu devo gostar

É aceitar viver em um mundo sem tecnologias

É aprender a fazer sozinho

É curtir o sol sem medo que os raios solares envelheçam a pele

Tomar banho junto


É pensar na vida

Brincar com o óculos do vovô

Amar o diferente pelo que representa

Fazer arte com a natureza

Crescer e ainda ser fofo

Fazer qualquer coisa de capacete

Saber que o importante na festa são os amigos

Se divertir sem artifícios

Brincar de ser mocinha

Amar as pequenas coisas da Natureza

Gritar e fazer barulho

Entrar em casa e gritar: - Mãeeeeeeee!

Ter balões para a imaginação voar

Saber que um pic nic é mais valioso que jantar no melhor bistrô da cidade

Treinar diferentes poses sem medo de sair feio na foto

Fazer coelhinhos de papel toda Páscoa

Correr para o quarto dos pais

Se divertir sem medo do ridículo

Ensaiar todos os passos de dança

Aprender a ser vaidosa

Pular na cama

Se sujar e sorrir

Descobrir vida nas pequenas coisas


Não entender o porquê de certas coisas.
(por que estou com esse chapéu e todos falam que estou uma graça?)

Comer sem regras de etiqueta é mais gostoso

Experimentar diferentes texturas

Ser o mais forte

Se divertir com as gracinhas da mamãe e lembrar pelo resto da vida
Ter o tutu de bailarina para sempre

Dormir o soninho da tarde


Ficar linda com qualquer coisa

Ter um amigo de verdade para abraçar


Ter amigos de verdade para sorrir

Ser campeão todos os dias

Saber que tomar sorvete sem se lambuzar não tem graça

Ser Princesa

Não entender de moda


Ser médica, modelo, estilista... ao mesmo tempo

Adorar ver a amiga com o vestido igual

Ser super herói

Fazer bico

Guardar os pequenos momentos de amor

Não tolerar todas as gracinhas


Aproveitar todas as estações do ano

Ver o amigo rindo de você e cair na gargalhada junto, rindo dele também, sem mágoas.


Fazer música

Pedir aos céus

Usar o dedo como colher

Descobrir os contos de fadas

Se divertir com mímica
Querer entender o mundo

Não tirar a vida de pequenos seres

Ser a tela de uma obra de arte

Cuidar dos menores

Dormir sem culpa

Ter o sorriso mais fofo do mundo

Fazer várias caretas

Deixar a vida despentear

Ter pernas grossas e com dobrinhas, sem medo de parecer gordo

Aprender junto

Ver que é maravilhoso os domingos em família


Andar com os pés na grama




Consolar


Descobrir novas tecnologias


"rachar o bico"

Desenhar para o papai


Adorar ser parecido com o diferente


Entender com as próprias mãos porque não pode mexer no forno

Ser engenheiro e construir todos os dias


Brilhar com as estrelas
Ser criança para SEMPREEEEEEEEE

Ser Pedagogo

Ser Pedagogo não é apenas ser Professora, Mestre, Tia, Coordenadora, Supervisora, Orientadora, Dona de escola.
É mais do que isso.
É ser Responsável.
Ser Pedagogo é ter coragem de enfrentar uma sociedade deturpada, equivocada sem valores morais nem princípios.
Ser Pedagogo é ser valente, pois sabemos das dificuldades que temos em nossa profissão em nosso dia a dia.
Ser Pedagogo é saber conhecer seu caminho, sua meta, e saber atingir seus objetivos.
Ser Pedagogo é saber lidar com o diferente, sem preconceitos, sem distinção de cor, raça, sexo ou religião.
Ser Pedagogo é ter uma responsabilidade muito grande
nas mãos.
Talvez até mesmo o futuro...
Nas mãos de um Pedagogo concentra- se o futuro de muitos médicos, dentistas, farmacêuticos, engenheiros, advogados, jornalistas, publicitários ou qualquer outra profissão...
Ser Pedagogo é ser responsável pela vida, pelo caminho de cada um destes profissionais que hoje na faculdade e na sociedade nem se quer lembram que um dia passaram pelas mãos de um Pedagogo.
Ser Pedagogo é ser mais que profissional, é ser alguém que acredita na sociedade, no mundo, na vida.
Ser Pedagogo não é fácil, requer dedicação, confiança e perseverança.
Hoje em dia ser Pedagogo em uma sociedade tão competitiva e consumista não torna-se uma profissão muito atraente, e realmente não é.
Pois os valores, as crenças, os princípios, os desejos estão aquém do intelecto humano.
Hoje a sociedade globalizada está muito voltada para a vida materialista.
As pessoas perderam- se no caminho da dignidade e optaram pelo atalho da competitividade, é triste pensar assim, muito triste pois este é o mundo dos nossos filhos, crianças que irão crescer e tornar- se adultos.
Adultos em um mundo muito poluído de idéias e sentimentos sem razão.
Adultos que não sabem o que realmente são.
Alienados, com interesses voltados apenas pelo Ter e não pelo Ser.

Ser Pedagogo é ter a missão de mudar não uma Educação retorcida, mas ser capaz de transformar a sociedade que ainda está por vir.
Pode ser ideologia pensar assim, mas como Pedagogos temos a capacidade de plantar hoje nesta sociedade tão carente de valores, sementes que um dia irão florescer.
E quem sabe essa mesma sociedade que hoje é tão infértil possa colher os frutos que só a Pedagogia pode dar.