terça-feira, 12 de outubro de 2010

A criança pede: Preciso de você!

Mensagem da criança




1. Não me dê tudo o que te peço. As vez meus pedidos querem apenas ser um teste, para ver quanto posso pedir.

2. Não grites comigo. Eu te respeito menos, quando o fazes. E me ensinas a gritar também, e eu não queria isto.

3. Não me dê ordens a todo momento. Se em vez de mandar, algumas vezes extremasses teus desejos sob forma de pedidos, eu o faria mais rapidamente e com mais gosto.

4. Cumpre as promessas que fazes, boas ou más. Se me prometes um prêmio, deves concedê-lo assim como um castigo.

5. Não mudes de opinião a cada momento sobre o que devo fazer. Pensa antes mantendo a decisão.

6. Não me compares a ninguém, especialmente com meus irmãos. Se me colocas acima deles, alguém vai sofrer. Se me colocas abaixo, eu é que sofro.

7. Deixa que eu faça, acertando ou errando. Se fazes tudo por mim, serei um eterno dependente.

8. Nunca pregues uma mentira, nem me peças que eu o faça. Isto criará em mim um mal-estar e me fará perder a confiança em tudo o que afirmas.

9. Quando te enganas em alguma coisa, admite-o francamente. Isto não te diminuirá a meus olhos, pelo contrário te fará crescer e eu aprenderei a assumir minhas faltas.

10. Quando te dás conta de um problema meu, não digas que é bobagem, que o tempo corrige ou que não tens tempo. Eu preciso ser compreendido e ajudado.

11. Trata-me com a mesma amizade e a mesma cordialidade com que tratas teus amigos. Pelo fato de pertencermos à mesma família, não significa que não possamos ser amigos também.

12. Nunca me ordenes fazer uma coisa quando tu mesmo não o fazes. Eu aprendi a fazer sempre apenas aquilo que tu fazes e não aquilo que tu dizes.

13. Ensina-me a amar e conhecer a Deus. Não acredites que as evangelizadoras possam fazer isto em teu lugar.



Para as crianças acima de 20 e poucos anos... Ahh que saudades!

Já fomos crianças

O tempo vai passando e, com a exceção da Vera Fischer, todos nós estamos envelhecendo.

E podemos descobrir isso de uma forma bem banal.

Veja se você se lembra...

Brinquedos Atari é algo que não existiu para as criancas de hoje. Nunca jogaram Pac-Man, River Raid ou Enduro; Caloi 10, BMX Pantera, Cecizinha e Monareta são peças de museu do seu irmão mais velho.


Nunca tiveram o prazer de colecionar mini-garrafinhas de refrigerante com o logotipo escrito em árabe, russo e japonês;

Não montaram as naves espaciais que vinham atraz das caixas de cereal.

E o primeiro computador que tiveram não foi Pense Bem.

Nunca foram a uma banca de jornal, Domingo de manhã, para comprar gibis como Super venturas do Capitão Marvel, revista do Pelézinho, Almanaque do Escoteiro Mirim, Pateta nas olimpíadas, Tio Patinhas, além das figurinhas do He-Man, Amar é..., Pica-pau, Amor-Perfeito, ou de novelas (Que rei sou eu, Roque Santeiro);


Nunca tiveram um Ferrorama, Autorama, Lu-Patinadora (lá-lé- lí-ló Lú patinadora!), Meu bebê , bonecas da Moranguinho, Agarradinho, Meu pequeno Pôney, Cubo Mágico, Comandos em Ação, Castelo de Greyskull, Playmobil, Pirocóptero, Pião de madeira, Super-Massa.

A expressão isso soa como um disco quebrado não tem nenhum significado, uma vez que eles sequer conheceram os discos de vinil e muito menos sabem que os mesmos ainda existem;

Já nasceram com um Discman nos ouvidos e sempre comeram pipoca de microondas.

A maioria nunca viu uma TV só com 13 canais e provavelmente nunca estiveram frente a frente com um televisor preto e branco, muito menos da marca Telefunken;

Gol GTS 1.8 ou GTI 2.0 nem o Escort XR3 nunca foram sonhos de consumo deles na adolescência.

Nunca experimentaram calçar um Bamba, Kichute, Conga, All Star (cano longo e cano curto) ou Montreal (aquele que o Silvio Santos sorteava no Domingo no Parque).

Régua tabuada, caneta 10 cores, Lápis borracha, Relógio Champion com varias pulseiras, relógio Cassio com joguinho da pirâmide, discos coloridos com histórias infantis tipo O Grilo Feliz (Eu sou o Grilo Feliz e levo alegria pra todo lugar ...?) , sandália Melissinha, Chaveiro de borracha da K&K em forma de pé-de-pato, Redley preto, ... Pessoas Luciana Vendramini já tem trinta anos e a Simony já é mamãe; Xuxa não arranha mais as crianças, Lula do PT se veste social, Michael Jackson para eles, sempre foi branco. E o Fofão, quem...? Músicas O grupo RPM e a música Olhar 43 são da década de 80 e não passariam de meros estranhos se não fosse o acústico. Não ouviram Menudos e New Kids on the Block no rádio. Nunca ouviram Patotinhas, Trem da Alegria, nem foram fãs do Juninho Bill. Nunca viram Dominó e Polegar no Viva a Noite ( viva a noite! viva! viva!viva!). Não sabem quem são o Kiss e nunca ouviram Ursinho Blau-Blau, a Pulga e o Percevejo, Fuscão Preto, Comer-Comer ...

Esportes nunca viram o Zico jogar e o Sócrates é apenas o irmão mais velho do Raí. Não choraram quando a Itália tirou o Brasil da Copa de 1982 com os gols do Paulo Rossi. Nunca assistiram aos Domingos no Fantástico o resultado da Loteria Esportiva apresentado pela Zebrinha (Deu Zeeebra!!! Oh eu aqui de novo!!!). Corrida de Formula 1 domingo de manhã com o Senna na lótus preta ou amarela e o Piquet na Williams. Cinema não assistiram ET original no cinema e nunca tiveram medo do Poltergeist. Não sonharam ser como o Rambo. John Travolta é o ator de 'A Outra Face' e não de 'Os Embalos de Sábado a Noite' ou Grease'. E Lassie eles não sabem nem que bicho era.

Desenhos nunca viram Ursinhos Gummy , Smurfs, She-ra, Corrida Maluca, Caverna do Dragão, Capitãããooo Caveernaaa, Família Barbapapa, Ursuate, Zilion, Patrulha Estelar, Speed Racer, Judoca, Chimu a foca fofa, Popeye, A princesa e o cavaleiro, cavalo de fogo, Miu e Mau, A arca do Zé Colmeia.

Séries nunca assistiram Perdidos no Espaço, Sitio do Pica-Pau Amarelo original, Ilha da Fantasia, O Elo Perdido (lembra do Tchaca?), Armação Ilimitada (Juba e Lula, Howw!), Sessão Aventura, Panteras, Hulk, Casal 20, A Gata e o Rato, Manimal, McGivver, Kate Mahoney a Dama de Ouro, Duro na Queda e sua super picape, Magnum, Supermaquina, Moto Laser, Águia de Fogo, Trovão Azul, CarroComando, Robô Gigante, Ultraman, Ultra Seven, SpectreMan, Agente 86.

Nunca foram na casa da vó no domingo à tarde pra ver Os Trapalhões antes do Fantástico e a semana do presidente antes do Show de Calouros; Suas férias nunca foram recheadas com 'Sessão da Tarde Especial', com filmes dos Trapalhões. Não se importam com quem matou Odete Roittman... Nunca viram o programa do palhaço Bozo (com certeza o progra ma preferido de tds vcs!) e o Papai Papudo?? Que horas são?? 5 e 60!!!com a brincadeira da corrida de cavalos, onde o cavalo malhado sempre ganhava, nem sabem quem era a Vovó Mafalda. Não tem a menor idéia de quem seja Praga e Dengue nem nu nca cantaram Doce, doce, doce, a vida é um doce, vida é mel ...? (Isso foi bom eles nunca terem ouvido mesmo!) Nunca viram Daniel Azulay, Balão Mágico, Patati-Patatá ou Disneylândia da Globo; Jamais puderam brincar, nos Domingos de manhã, com o Silvio Santos apresentando o quadro de sentar na cabine e responder SIIIIIIIIIIIIM ou NAAAAAAOOO, Outras esquisitices Nem imaginam como se dança lambada.

Nunca guardaram notas ficais para trocar por figurinhas do palhaco Zequinha, brinquedos, material escolar ou para concorrer a carros; O albúm de figurinhas fajuto para formar a figura do objeto e trocar pelo objeto real, Rifa de ovo de Páscoa, Comerciais e para terminar, nunca ouviram: 'Depois de um sono bom a gente levanta, toma aquele banho, escova os dentinhos... e na hora de tomar café é café Seleto, que a mamãe prepara com todo carinho, café Seleto tem sabor delicioso, cafezinho gostoso... café Seleto, café Seleto....', O comercial do Varinguinho, do Abre a Booooca é Royal, Bond Boca, Bardal B12 e a gang que destruia seu carro, e o primeiro sutiã alguém lembra?

E os anos 90 então, que final de década emocionante!!!
Velha e última infância.



Quando  Mc Donalds custava R$ 4,50, Biscoito Fofy existia, Meninas de 11 anos brincavam de boneca, Meninos de 13 anos assistiam Cavaleiros do Zodíaco e Dragon Ball Z, existia Chiquititas e não Rebeldes, Plutão ainda era um Planeta, festas de 15 anos não eram eventos/shows, as músicas tinham coreografia, tênis de luzinha era essencial, kinder Ovo era 1 real. Quem não lembra do chocolate da Mônica?
Pessoas REALMENTE se conheciam e não por Orkut, maquiagem era coisa de gente grande, fotos não eram tiradas para serem colocadas no orkut e sim para recordarem um momento, para saber da vida de alguém só lendo os cadernos de perguntas que fazíamos (enquete), crianças tinham Bichinho Virtual e não Celular.
Mandava cartinhas pra dizer que amava e não scraps no Orkut e merthiolate ardia.
Comprava vários salgadinhos da Elma Chips só pra pegar o Tazo.
O canal kids era a Tv Cultura, tinha Castelo ra-tim-bum e X tudo.
Para quem era adolescente a grande série era Confissões de Adolescente. A Déborah Secco era a "mais legal" rsrs.



Quantas lembranças boas!!!
Que saudades dessa época.
Nesse dia das Crianças reflita sobre o que é ser criança e continue sendo. Não deixe que interesses ultrapassem as suas verdadeiras amizades.









ÉÉÉÉÉ ... o tempo passa... o tempo voa ... e a poupança Bamerindus........ nem existe mais!!!

Um grande abraço para meus 'velhos' amigos!!!

Feliz dia das Crianças "grandes"!
 
FONTE: Mensagens virtuais
              Blog Mais Estudo

Ser Pedagogo

Ser Pedagogo não é apenas ser Professora, Mestre, Tia, Coordenadora, Supervisora, Orientadora, Dona de escola.
É mais do que isso.
É ser Responsável.
Ser Pedagogo é ter coragem de enfrentar uma sociedade deturpada, equivocada sem valores morais nem princípios.
Ser Pedagogo é ser valente, pois sabemos das dificuldades que temos em nossa profissão em nosso dia a dia.
Ser Pedagogo é saber conhecer seu caminho, sua meta, e saber atingir seus objetivos.
Ser Pedagogo é saber lidar com o diferente, sem preconceitos, sem distinção de cor, raça, sexo ou religião.
Ser Pedagogo é ter uma responsabilidade muito grande
nas mãos.
Talvez até mesmo o futuro...
Nas mãos de um Pedagogo concentra- se o futuro de muitos médicos, dentistas, farmacêuticos, engenheiros, advogados, jornalistas, publicitários ou qualquer outra profissão...
Ser Pedagogo é ser responsável pela vida, pelo caminho de cada um destes profissionais que hoje na faculdade e na sociedade nem se quer lembram que um dia passaram pelas mãos de um Pedagogo.
Ser Pedagogo é ser mais que profissional, é ser alguém que acredita na sociedade, no mundo, na vida.
Ser Pedagogo não é fácil, requer dedicação, confiança e perseverança.
Hoje em dia ser Pedagogo em uma sociedade tão competitiva e consumista não torna-se uma profissão muito atraente, e realmente não é.
Pois os valores, as crenças, os princípios, os desejos estão aquém do intelecto humano.
Hoje a sociedade globalizada está muito voltada para a vida materialista.
As pessoas perderam- se no caminho da dignidade e optaram pelo atalho da competitividade, é triste pensar assim, muito triste pois este é o mundo dos nossos filhos, crianças que irão crescer e tornar- se adultos.
Adultos em um mundo muito poluído de idéias e sentimentos sem razão.
Adultos que não sabem o que realmente são.
Alienados, com interesses voltados apenas pelo Ter e não pelo Ser.

Ser Pedagogo é ter a missão de mudar não uma Educação retorcida, mas ser capaz de transformar a sociedade que ainda está por vir.
Pode ser ideologia pensar assim, mas como Pedagogos temos a capacidade de plantar hoje nesta sociedade tão carente de valores, sementes que um dia irão florescer.
E quem sabe essa mesma sociedade que hoje é tão infértil possa colher os frutos que só a Pedagogia pode dar.